BOQUINHAS NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL - LIVRO DO ALUNO

Atividades coloridas para preparo e desenvolvimento dos pré-requisitos da alfabetização. A partir dos 3-4 anos de idade, ou para alunos que apresentam-se defasados nas habilidades neurolinguísticas. Livro + Mini-Espelho.
R$ 132,00
R$ 129,00

 

ATENÇÃO: Esse livro não mais acompanha o CD dos aúdios, pois essa tecnologia ficou ultrapassada. 

Os áudios dos exercícios de Processamento auditivo estão disponíveis para download, gratuito no link BAIXAR EXEMPLO, acima do preço.

Passados quatro anos desde o lançamento do Boquinhas na Educação Infantil (2007), muitos foram os bons frutos colhidos, além de inúmeras sugestões de alterações. Todas elas feitas por educadores e clínicos que, realmente usaram o livro e fizeram dele, mais um sucesso de Boquinhas na educação brasileira.

Esse é um livro de atividades, para ser utilizado pelo aluno em sala de aula, ou em um consultório. Contém inúmeros exercícios executáveis no próprio livro e outros vivenciais, devendo ser realizados oralmente ou em espaços variados da escola. A forma de aplicação poderá ser individual, em duplas, pequenos grupos ou com toda a turma da sala de aula. Alguns exemplos de como estruturar a dinâmica de uma sala de aula, para aplicar Boquinhas, serão oferecidos nas Informações Preliminares do Livro do Professor, para que todos os alunos possam aproveitar e o educador sentir-se seguro e capaz de checar a aprendizagem. 

Procuramos usar materiais e vocabulário usual para crianças de Educação Infantil de todo território brasileiro, a partir de três a quatro anos de idade, podendo ser aplicado até seis anos de idade, dependendo da estrutura organizacional adotada pela escola e do nível da turma. A alfabetização será abordada de maneira informal e não sistemática, em que as letras, sons e boquinhas (grafemas/fonemas/articulemas) serão inseridos dentro do processo de desenvolvimento, não com a intenção de promover a leitura e escrita de todas as crianças como meta principal de trabalho.

Não são associadas letras a objetos únicos, como M de macaco, ou B de baleia, etc., e sim a muitas figuras que iniciem com aquele fonema. Também não é dada muita ênfase ao nome da letra (a, bê, ce, dê, éfe, ge, agá, etc.), pois acreditamos que estas ferramentas tendem a confundir e entravar o processo de alfabetização, semeando mais fracassos do que sucessos. O único referencial por nós oferecido será a correspondência letra/som/boquinha, ou grafema/fonema/articulema. Portanto trata-se de uma alfabetização de bases fônicase articulatórias.

No Boquinhas no Desenvolvimento Infantil são apresentadas apenas as sílabas simples, como uma maneira de formalizar o início do processo de alfabetização. Com a ferramenta Boquinha, cada som/letra apresenta sua unidade, podendo o princípio alfabético ser compreendido e aquelas crianças que já apresentam uma maturidade satisfatória, passam a escrever e ler sílabas complexas sem qualquer dificuldade. Obviamente que as dificuldades ortográficas não são objeto de estudo desta faixa etária.

O grande acréscimo desse trabalho é fornecer a associação som/fala/escrita, formalizando o processo de consciência fonêmica, que é considerado o preditor do sucesso de uma alfabetização segura, pois favorece a decodificação de letra em som, por meio da observação da Boquinha. O exercício-chave, da “formiguinha”, que acompanha todo o livro, reforça essa aquisição.

Esses livros foram testados em um Projeto-Piloto no Município de Ribeirão Bonito/SP com 204 crianças e seus educadores, obtendo resultados bem acima do esperado pelas próprias autoras. O interesse para aprendizagem, atenção, raciocínio e velocidade na aquisição da leitura e escrita foram observados já nos primeiros meses de trabalho com a nova metodologia, resgatando a motivação do educador. Ao final do ciclo, 87,3% das crianças de 5 – 6 anos obtiveram êxito na alfabetização.