BOCA-CERTA

Qual a boca/letra certa da palavra?Confronto entre letras passíveis de trocas.
Disponibilidade: Em estoque
R$ 85,00

 

BOCA CERTA - MANUAL DE INSTRUÇÕES

 

 

O BOCA CERTA fará a associação entre uma figura e sua palavra escrita, confrontando dificuldades ortográficas, viabilizadas pela ferramenta Boquinhas.

 

Modo de Jogar:

Todas as cartas ficam agrupadas em um monte, de posse do juiz. Escolhe-se um juiz para iniciar o jogo, que deverá ser trocado a cada rodada, passando o comando ao jogador à sua direita. O juiz pega uma carta e nomeia a figura, mostrando-a aos demais jogadores.

Em seguida, fala o nome das letras que estão no verso daquela figura, colocando-a na mesa, com as letras e boquinhas expostas. Cada uma das letras do par está pintada ou de azul ou de vermelha e deve ser observada, pois é indicativa da resposta.

Os demais jogadores deverão bater sua mão sobre a cartela maior, na boca de cor azul ou na vermelha, conforme julgam que seja a escrita daquela figura. Se houver vários jogadores, as mãos deverão permanecer umas em cima das outras, pois será considerada vencedora a primeira mão a bater na BOCA da cor CERTA.

Explicar para que os jogadores não batam suas mãos com muita força, a fim de se evitar lesões.

Exemplo 1: Figura de BONÉ. Letras B (vermelha) e P (azul). Os jogadores deverão bater a mão na Boca Vermelha, pois a palavra BONÉ se escreve com a letra B.

Exemplo 2: Figura de PERA. Letras R (ARA - azul) e RR (ARRA - vermelha). Os jogadores deverão bater a mão na Boca Azul, pois a palavra PERA se escreve com apenas uma letra R.

Quem bater a mão primeiro, na BOCA da cor CERTA, ganhará a figura e fará um ponto, desde que escreva a palavra sob a figura, de forma correta. Além disso, deverá pronunciar corretamente a palavra e seu oponente, errado, para que seja compreendida e fixada a correta associação grafofonêmica. O apoio das Boquinhas deverá ser sempre utilizado para a aprendizagem e fixação.

Exemplo 1: Deverá escrever e falar BONÉ, com a letra B, corretamente, e dizer que PONÉ, com a letra P, estaria errado.

Exemplo 2: Deverá escrever e falar PERA, com apenas uma letra R, corretamente, e dizer que PERRA, com duas letras R, estaria errado.

Essa técnica se apóia na compreensão de que o erro faz parte da aprendizagem e somente aprendeu, aquele que conseguiu distinguir o erro do acerto, por aprendizagem e não apenas memorização.

Para a escrita, será considerado acerto o uso da letra certa do par em questão. Ou seja, se o jogador escrever com erro de outras letras, tendo acertado a letra do par da carta, fará ponto da mesma maneira. Para a fala, deverá falar corretamente toda a palavra.

O juiz é o responsável pela análise dos erros e acertos. Se necessário for, deverá consultar o gabarito do jogo, que contém todas as figuras e suas palavras escritas corretamente, ou ainda, um dicionário.

 

OBS 1: Caso julgue violento ou prejudicial que todos os jogadores batam ao mesmo tempo a mão, podendo ocasionar algum atrito ou malefício, a regra poderá ser alterada para APENAS o jogador seguinte responder qual seria a letra, batendo com sua mão, na BOCA CERTA, vermelha ou azul. Assim, não haverá confronto direto e cada um jogará na sua vez. Esse também seria o caso de haver somente dois jogadores, pois um seria o juiz e o outro, o jogador. Depois, trocariam de posição.